segunda-feira

O cabra Caloteiro

Nas banda das palestina

Tinha um cabra caloteiro

Que devia todo mundo

Devia muito dinheiro

Foi preso pelo juiz

E caiu no desespero

“Oh seu moço senta aqui!”

Disse a voz do delegado

Sua acusação é grande

É a maior de todo estado

Pegue logo seu dinheiro

E pague quem foi enganado

O moço fez choro e drama

Implorou por salvação

Disse que não tinha nada

E pediu prorrogação

O delegado mui bondoso

Aceitou a petição

Logo que voltou pra casa

Foi atrás de mais dinheiro

Reuniu os seus capangas

O seu plano foi certeiro

Recolher os dividendos

Daquele velho ferreiro

O comboio assustava

Aquele velho senhor

Que clamava piedade

“Daí-me tempo por favor”

Dinheiro não tenho em casa

E nem nada de valor

O danado caloteiro

De ira logo se encheu

Nem quis saber da história

E logo já o rendeu

Fez do velho o seu escravo

E na fazenda o prendeu

A história correu solta

Divulgou pela cidade

O delegado logo soube

Da tamanha crueldade

O caloteiro larapio

Tinha agido com maldade

De manha bem logo cedo

Chegou a intimação

O caloteiro da cidade

Foi posto em audição

O delegado da policia

Dirigia a acusação

Sua divida era grande

Afrontava toda a lei

Me clamava por clemência

E perdão não recusei

Mas agiste de má fé

Os seus atos eu bem sei

Como eu lhe perdoei

Deverias perdoar

Mas a gana por dinheiro

Impediu-o de amar

E ao velho moribundo

Derramou grande pesar

É por essas e por outras

Que mereces a prisão

Espero que na cadeia

Tu aprendas a lição

Trate o próximo da gente

Sempre a como um irmão

Jesus conta essa história

Para todos ensinar

Que na vida se errarmos

Deus é bom pra perdoar

E nos pede que vivamos

Sempre prontos a amar

Nossa acusação é grave

Mas perdão nos dá de novo

Nosso coração antigo

Ele troca por um novo

Se o nosso amor esfria

Ele traz sempre renovo

9 comentários:

  1. Brilhante!

    "Posso recitar?
    Bem alto e bem forte
    Com o povo à celebrar
    essas "rima" lá do norte"

    Inté.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom mano,
    q Deus continue a te usar.

    ResponderExcluir
  3. Ótimooooo

    Deus continue te abençoando muito e sempre!

    ResponderExcluir
  4. Que lindooooooooooo!!! :)

    Que Deus te abençoe e também à sua criatividade. A-D-O-R-E-I-!

    BeiJu***

    ResponderExcluir
  5. mto bom!

    chega ser dificil entender tanto amor assim d Deus por nós!

    Bjos!

    Gabi

    ResponderExcluir
  6. Você se supera sempre né Calebe?! Não tem o que dizer. Deus continue te usando dessa forma leve na vida das pessoas. Deus te abençõe muito! Abraço

    ResponderExcluir
  7. A.M.E.I.
    Parece que consigo te ouvir cantando isso. haha
    Continue com esse sonho, Tatebe. Deus deve tá te aplaudindo.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  8. Rosilene de Siqueira5 de abril de 2010 04:39

    adorei o texto parabens como sempre arasou grande abraçi fique com deus

    ResponderExcluir
  9. Que bom partilhar com vocês do retiro na serra teresopolitana! Agora minha admiração aumenta ao ver sua destreza num estilo literário de que muito gosto, o cordel. Paz e bênçãos, Calebe!

    ResponderExcluir